terça-feira, 3 de junho de 2008

Mancadas comuns cometidas por "Mac Switchers"


Para quem não conhece o termo, "Mac Switchers" são antigos usuários Windows que resolveram migrar para o mundo maravilhoso do Mac OS. Sim eu sou uma e nem tudo são flores meus caros colegas. Semana passada cometi um erro terrível(#12) que me fez perder todas as minhas fotos de 2008 . 10gb! Sim, eu tiro muitas fotos e daí? E não, eu não tinha feito backup. 1000 pontos pra mim! \o/

Então, ao pesquisar por uma solução descubro que o que eu fiz é um erro "COMUM" de ex usuários Windows. Ok, se é comum então porque ninguem me avisou?!! #$@#@#!@#$ Como eu sou bondosa eu vou colocar aqui algumas coisas que eu descobri nesse processo de migração, e assim tentar evitar que alguém passe pelo que eu passei.

#1. Fechar a janela e achar que fechou o programa.
Quando você clica no "X" de uma janela aberta ele simplesmente fechará a janela em questão, mas o programa que a gerencia ficará aberto. Reparem no dock como vai ficando tudo aberto.

#2.Baixar um programa e tentar rodar direto da imagem.
Tudo bem, ele vai rodar, mas vai ficar mais lento e você nao consiguirar ejetar a imagem porque o programa vai estar em uso. O certo é colocar na pasta de Applications.

#3.Clicar duas vezes numa janela achando que vai maximizar
Mas ao invés disso ela vai pro dock. Aliás não existe o maximizar no Mac como estamos habituados no windows, o mac só coloca do tamanho que ele acha apropriado, se você quiser aumentar tem que clicar no canto inferior direito e redimensionar.

#4.Trocar o Cmd por Ctrl.
Se você quiser copiar, colar, cortar etc. Esquece a tecla Ctrl, no mac é tudo feito com a tecla Cmd

#5.Não existe corte de arquivos no Finder.
Se você quiser mover terá que abrir outra janela e arrastar os arquivos para o destino desejado. Ou então copiar, colar e apagar a origem. Ai que falta que o Crtl+X me faz.


#6. Achar que seu Mac não vai dar erros.
Não seja tolinho, nenhum computador é a prova de erros. Sistemas operacionais e aplicativos tem bugs e sempre terão. Mas tenho que admitir que a quantidade tem sido bem menor.

#7.Apertar no enter para abrir um arquivo
Não vai abrir, ao invés vai abrir espaço para que você renomeie o arquivo.Se quiser abrir um arquivo, dê um duplo-clique

#8.Procurar os menus na janela aberta do programa
O menu da janela ativa, seja qual for a posição ou tamanho dela, vai ficar SEMPRE no topo da tela. SEMPRE.

#9.Procurar por um desinstalador de um programa.
No MAC não existe esse conceito de desinstalação. Na quase absoluta maioria das vezes, para desinstalar um aplicativo tudo que você faz é arrastá-lo para lixeira. E só.

#10.Procurar pelo Printscreen e achar que o MAC não tem o recurso.
Na verdade tem e é muito mais legal que o printscreen do Windows.
Com "command + shift + 4" você pode selecionar uma area qualquer da tela para ser salva como uma imagem ou com "command + shift + 3" você salva a imagem da tela inteira. Mas se não quiser usar comandos existe um programinha chamado InstantShot que coloca atalhos no topo da tela.

#11.Achar que a tecla Delete irá apagar para frente.
Na verdade ela funciona como o Backspace do PC. Mas para mim foi até bastante intuitivo já que está na mesma posição que estaria o Backspace. Só nao aprendi ainda a "apagar pra frente" , alguém sabe?
Editando... valeu amiga!
OpenID vivstiemi disse...

#11 - pra apagar "pra frente" é só usar fn + del




#12.(EXTRA ATENCAO).Não se tocar que quando você copia uma pasta sobre outra de mesmo nome, o MAC OS gravará a pasta POR CIMA da outra.
O Mac OS X SUBSTITUI a pasta antiga ao invés de fazer o MERGE como o windows faz. Foi assim que perdi minhas fotos! $%$%¨%$#$¨&&*

#13 Manipular diretamente os arquivos do iPhoto
Essa é outra estupidez campeã. Acostumada a mexer diretamente nos arquivos de fotos no Windows, descobri a pasta do iPhoto dentro da pasta Imagens e comecei a mexer nos arquivos, seja editando-os, movendo-os, ou mesmo apagando-os, sem usar a interface do iPhoto. O resultado é uma biblioteca do iPhoto totalmente corrompida, pois o programa não tem como saber o que você fez com cada um dos arquivos de imagem.

#14- Manipular diretamente os arquivos do iTunes
O iTunes também costuma ser vítima do mesmo erro cometido com o iPhoto, ou seja, a manipulação direta dos arquivos de sua biblioteca. A regra é a mesma: nunca acrescente, mova ou apague arquivos de áudio da pasta do iTunes. O certo é usar o próprio iTunes para fazer isso.

#15- O Time machine precisa ser pré-configurado para funcionar.
o Time Machine é um espetáculo, faz backups automáticos diarios de todos os seus arquivos e vem todo instalado com o Leopard certo? Não é bem assim! Quando perdi minahs fotos fui lá toda feliz pensando, ahh rááá, mas EU TENHO o super duper Time machine! O que eu não sabia é ele exige um HD externo ou uma partição extra no HD interno para funcionar e eu tinha que ter feito isso ANTES. Bem ANTES.

PS. Felizmente estou conseguindo recuperar meus arquivos perdidos após minha mancada #12 usando um "utilitáriozim" chamado Data Rescue II, tá dando um trabalho do caraalho porque todos os arquivos estão renomeados e com muitas cópias. Mas pelo menos eu estou conseguindo recuperar! eeeeeeee (Sorriso falso)

Mary Jane

5 comentários:

Srta. Scarpin disse...

#16 Pensar que o MAC em alguns funções poderia ser igual ao Windows..

tsc tsc...


ihihihihi

Mas alegria alegria, as fotos você retornaria! hehehe

Boa sorte maryjane

vivstiemi disse...

#11 - pra apagar "pra frente" é só usar fn + del

Srta. Scarpin disse...

valeu amiga vivs!!

Fernando Rigotti disse...

Espero, do fundo do meu coração, um dia PODER cometer essas gafes hehe

(:

Editor disse...

Pra abrir sem clicar é só teclar command+O(pen)

No início achei isso ruim mas hoje adoro, pois não abro arquivos e aplicativos mais sem querer - a não ser quando abro pelo mouse, hehehe.